FURNAS - Notícias - Destaques  
 Todos os destaques
    
Leia o discurso do diretor-presidente Flavio Decat proferido na festa de 54 anos de Furnas


"HÁ POUCO – MINISTRO LOBÃO - VOSSA EXCELÊNCIA ASSISTIU AO HASTEAMENTO DA BANDEIRA DO BRASIL – IÇADA PELO EMPREGADO MAIS ANTIGO E EM ATIVIDADE – ANTONIO CARLOS MARTINS, COM MAIS DE 40 ANOS DE EMPRESA, DA BANDEIRA DO ESTADO DO RIO, HASTEADA POR EVANDRO DE OLIVEIRA MORAES, O MAIS NOVO CONCURSADO, ADMITIDO EM 14 DE FEVEREIRO DESSE ANO, E DA BANDEIRA DE FURNAS.

NESTA DATA HISTÓRICA, MINISTRO, HASTEAMOS – AQUI E EM NOSSAS 44 ÁREAS REGIONAIS – A NOSSA BANDEIRA HISTÓRICA, NAS CORES VERDE E AZUL E COM A TRADICIONAL FIGURA DE UMA TORRE DE TRANSMISSÃO.

E DE FORMA EMBLEMÁTICA, AQUI NO ESCRITÓRIO CENTRAL, A BANDEIRA HISTÓRICA FOI HASTEADA POR UMA SERVIDORA MUITO QUERIDA, COM 37 ANOS DE BONS SERVIÇOS PRESTADOS, MULHER, NEGRA, ENGENHEIRA QUE COMEÇOU A SUA VIDA EM CAMPO, SUBINDO EM TORRES DE TRANSMISSÃO, A LUZIA MARIA DE OLIVEIRA.
QUEREMOS – E PORQUE PRECISAMOS – COM ESTE SIMBOLISMO, LEMBRAR A NÓS MESMOS O NOSSO PASSADO!

UM PASSADO DE BRILHO, DE VITÓRIAS – DE UMA EMPRESA GRANDE... IMPONENTE... ORGULHOSA DE SEUS FEITOS... UMA EMPRESA RECONHECIDA COMO EFICIENTE, TECNOLOGICAMENTE DE PONTA, SOCIALMENTE JUSTA, CORRETA EM SEUS PROCEDIMENTOS E PRINCIPALMENTE ÉTICA!

PRECISAMOS DA FORÇA DE NOSSO PASSADO PARA ENFRENTAR OS ENORMES DESAFIOS DO PRESENTE E DO FUTURO PRÓXIMO... MUITO PRÓXIMO.

DESDE QUE FURNAS FOI CRIADA, NA DÉCADA DE 50, POR JUSCELINO KUBITSCHECK, A EMPRESA SE ACOSTUMOU A VENCER DESAFIOS E NUNCA MAIS PAROU.

FOI ASSIM NA DÉCADA DE 70, COM A INAUGURAÇÃO DE TANTAS HIDRELÉTRICAS. NA CONSTRUÇÃO DE ITUMBIARA, FURNAS CONQUISTOU O RECORDE MUNDIAL DE COMPACTAÇÃO DE ARGILA NUM SÓ DIA, COM A MARCA DE 104 MIL METROS CÚBICOS.

NA DÉCADA DE 80, DE FORMA PIONEIRA, CONSTRUIU A USINA NUCLEAR DE ANGRA DOS REIS E OS LINHÕES DE ITAIPU. HOJE, FURNAS OPERA AS MAIORES CLASSES DE TENSÃO EM LINHAS DE TRANSMISSÃO DO BRASIL, TANTO DE CORRENTE CONTÍNUA EM 600KV, COMO DE CORRENTE ALTERNADA EM 765KV.

DESENVOLVEMOS E ESTAMOS DESENVOLVENDO, PROJETOS DE OITO NOVAS HIDRELÉTRICAS, INCLUINDO GIGANTES COMO SANTO ANTÔNIO E TELES PIRES, NA REGIÃO AMAZÔNICA, E NOVOS DESAFIOS COMO A ENERGIA EÓLICA NO NORDESTE E A BIOMASSA NO CENTRO-OESTE.

ESTAMOS CONSTRUINDO O LINHÃO EM 600KV, O MAIOR DO MUNDO EM CORRENTE CONTÍNUA, PORTO VELHO-ARARAQUARA, COM 2.375 QUILOMETROS DE EXTENSÃO, QUE IRA TRANSPORTAR A ENERGIA PRODUZIDA EM SANTO ANTONIO, NO RIO MADEIRA, ATÉ SÃO PAULO.

FURNAS É HOJE UM COLOSSO. SÃO 20.000 QUILÔMETROS DE LINHAS DE TRANSMISSÃO PELAS QUAIS PASSA QUASE METADE DE TODA A ENERGIA ELÉTRICA DE NOSSO PAÍS, 15 HIDRELÉTRICAS PRÓPRIAS OU EM SOCIEDADE COM OUTRAS EMPRESAS, QUE GERAM ENERGIA SUFICIENTE PARA O CONSUMO DE MAIS DE 20 MILHÕES DE PESSOAS,
DUAS TERMELÉTRICAS E 50 SUBESTAÇÕES,

UM SISTEMA COM DIMENSÕES CONTINENTAIS ESPALHADO POR 13 ESTADOS DA FEDERAÇÃO.

FURNAS É UMA ESTRELA DE PRIMEIRA GRANDEZA DO SISTEMA ELETROBRAS E ASSIM HÁ DE PERMANECER.

PRECISAMOS, REPITO, DA FORÇA DESTE PASSADO PARA ENFRENTAR OS NOSSOS GRANDES DESAFIOS. DESTACO QUATRO DELES.

O PRIMEIRO É PARTICIPAR ATIVAMENTE DOS EMPREENDIMENTOS PREVISTOS NO PLANO DECENAL DE EXPANSÃO: SÃO 6.300 NOVOS MWS A SEREM INSTALADOS POR ANO. SÃO 2.000 KMS ADICIONAIS DE LTS TAMBÉM POR ANO. E QUEREMOS PARTICIPAR DESSA EXPANSÃO DE FORMA SIGNIFICATIVA. COM UMA PARCELA COMPATÍVEL COM O PORTE DE FURNAS, COM INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS, EFICIÊNCIA E BAIXOS CUSTOS.

O SEGUNDO, UM DESAFIO PERMANENTE, QUE É NÃO ESQUECER NUNCA QUE FURNAS É – PRINCIPALMENTE – UMA EMPRESA OPERADORA. É NOSSA DETERMINAÇÃO VOLTAR AINDA MAIS OS OLHOS PARA O NOSSO SISTEMA DE GERAÇÃO E TRANSMISSÃO – SISTEMA QUE TEM ENORMES RESPONSABILIDADES NA SEGURANÇA DO FORNECIMENTO DE ENERGIA PARA O BRASIL. VAMOS ACELERAR O PROCESSO DE MODERNIZAÇÃO DO NOSSO PARQUE GERADOR E TRANSMISSOR! A OPERAÇÃO SEGURA E EFICIENTE DE NOSSO SISTEMA ELÉTRICO É META PRIORITÁRIA!

A TERCEIRA QUESTÃO A ENFRENTAR – NOVA E DESAFIANTE – É A RENOVAÇÃO DE NOSSAS CONCESSÕES. NO CASO DA NÃO PRORROGAÇÃO DAS CONCESSÕES, OS RECURSOS FINANCEIROS QUE DEVERIAM TER COMO OBJETIVO NATURAL A EXPANSÃO DA OFERTA, SERÃO DESTINADOS PARA AQUISIÇÃO DE ATIVOS EXISTENTES, SEM AGREGAR ENERGIA NOVA AO PARQUE GERADOR E SEM INCREMENTAR A MALHA DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO.
NO CASO DE FURNAS, A NÃO PRORROGAÇÃO REPRESENTARÁ UMA PERDA DE 52% DA SUA RECEITA. A DESCAPITALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DO SISTEMA ELETROBRAS DEIXARÁ O ESTADO COM REDUZIDOS RECURSOS PARA ATUAR COMO AGENTE ATIVO NA EXPANSÃO DO SETOR ELÉTRICO. FATO EXTREMAMENTE GRAVE EM UM MERCADO COM CRESCIMENTO VIGOROSO COMO O BRASILEIRO, QUE TEM NA OFERTA DA ENERGIA ELÉTRICA INSUMO ESSENCIAL AO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL. É FUNDAMENTAL QUE ELAS SEJAM RENOVADAS!

CASO SEJAM RENOVADAS DE FORMA ONEROSA, TEMOS QUE DAR AS NOSSAS CONTRIBUIÇÕES AOS ENTES PÚBLICOS QUE PARTICIPARÃO DA DEFINICAO DESTE PROCESSO; POIS A PRESSÃO POR TARIFAS MAIS MÓDICAS NEM SEMPRE LEVA EM CONTA QUE METADE DO PREÇO DA ENERGIA AO CONSUMIDOR FINAL SE CONSTITUI DE IMPOSTOS, CONTRIBUICOES E TAXAS.

SERÁ PRECISO MODERAÇÃO E SABEDORIA AO ESTIPULAR OS ÔNUS DA RENOVAÇÃO DAS CONCESSÕES. DE UM LADO OS EFEITOS PARA AS CONCESSIONÁRIAS PODERÃO SER DRAMÁTICOS: UMA REDUÇÃO DE 25% NO PREÇO DA ENERGIA PASSIVEL DE PRORROGAÇÃO, ALTERANDO O VALOR MÉDIO DE TARIFA DE VENDA DE FURNAS DE R$ 80,00/MWh, PARA R$ 60,00/ MWh, REPRESENTARÁ UMA PERDA DE RECEITA DE R$ 950 MILHÕES POR ANO. POR OUTRO LADO, MINISTRO, O IMPACTO RESULTANTE NO PRECO DA ENERGIA AO CONSUMIDOR FINAL EH DE APENAS 1%.


PRECISAMOS ARRUMAR A NOSSA CASA PARA MELHOR ENFRENTAR ESTES DESAFIOS. E AÍ ESTÁ – TALVEZ – O MAIOR DE TODOS! ARRUMAR A CASA!

TEMOS DUAS EMPRESAS QUE AQUI CONVIVEM... FURNAS OPERADORA E FURNAS EMPREENDEDORA.
FURNAS OPERADORA, COM SUAS USINAS, LTs E SEs, COM RECEITAS PRÓPRIAS, CUSTOS DIRETOS CLARAMENTE DEFINIDOS E CUSTOS INDIRETOS FACILMENTE IDENTIFICÁVEIS. ESSA TERÁ QUE SE AJUSTAR AO QUE VIER A SER DECIDIDO PARA A RENOVAÇÃO DAS CONCESSÕES!

FURNAS EMPREENDEDORA – COM SEU CONHECIDO POTENCIAL DE ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO – QUE AINDA PRECISA DEFINIR AS FONTES DE SEU CUSTEIO. NÃO MAIS CABERÁ A PRÁTICA ENTÃO VIGENTE DE SER TAMBÉM CUSTEADA PELAS RECEITAS DAS CONCESSÕES. OS RECURSOS DEVERÃO VIR DOS PRÓPRIOS EMPREENDIMENTOS CONSTRUÍDOS E A CONSTRUIR. POR ISSO, A IMPORTÂNCIA DE FAZÊ-LOS LUCRATIVOS, COM TAXAS DE RETORNO ATRAENTES, SEMPRE SUPERIORES AO CUSTO DO CAPITAL EMPREGADO. POR ISSO, A NECESSIDADE DE AMPARÁ-LOS POR UMA GOVERNANÇA SOCIETÁRIA ADEQUADA EFICIENTE E TRANSPARENTE.

PARA ARRUMAR A CASA É PRECISO MODERNIZAR O NOSSO QUADRO DE PESSOAL, PRESERVAR AS NOSSAS COMPETÊNCIAS, ESTIMULAR OS NOSSOS TALENTOS. INCLUSIVE EQUACIONAR A QUESTÃO DOS TERCEIRIZADOS – SÃO CERCA 1.500, COM TEMPO DE SERVIÇO VARIANDO DE 20 A 10 ANOS – SOLUÇÃO QUE NECESSARIAMENTE TERÁ COMO BALIZADOR O NECESSÁRIO AJUSTE DA FORÇA DE TRABALHO AOS LIMITES DEFINIDOS PELO GOVERNO.

QUERO AQUI REGISTRAR – NESTE ANIVERSARIO DE 54 ANOS – MEU EMPENHO EM CORRIGIR DOIS DESAJUSTES HISTÓRICOS DE NOSSA EMPRESA, PARA O QUE PEÇO, MINISTRO LOBÃO, A VALOROSA AJUDA DE V. EXCIA. DESTACO QUE O PRESIDENTE JOSÉ ANTONIO SE DEDICOU A ESTAS QUESTÕES DURANTE SUA PROFÍCUA GESTÃO À FRENTE DA ELETROBRAS.

TRATA-SE DE ESTENDER A COBERTURA DOS PLANOS DE SAÚDE PARA OS APOSENTADOS, O QUE SIGNIFICA MANTER ESTE SUPORTE NO MOMENTO EM QUE ELE É MAIS NECESSÁRIO.

TAMBÉM, MINISTRO, É NECESSÁRIO GARANTIR UM PISO DA COMPLEMENTAÇÃO PARA OS NOSSOS APOSENTADOS MAIS HUMILDES, PELO MENOS IGUAL AO SALÁRIO MÍNIMO, O QUE SIGNIFICARÁ UM FIM DE VIDA MAIS DIGNO A TODOS OS QUE DEDICARAM SUA VIDA A FURNAS.

UMA EMPRESA MODERNA E SOCIALMENTE JUSTA NÃO PODE CONVIVER COM ESTES FATOS.

CAROS COMPANHEIROS DE FURNAS, RENOVO AQUI A CONVOCAÇÃO QUE FIZ EM MINHA POSSE. ESTAMOS INICIANDO UMA NOVA JORNADA – E QUEREMOS FAZÊ-LO SOB A INSPIRAÇÃO DOS QUE ESCREVERAM A BELÍSSIMA HISTÓRIA DE NOSSA EMPRESA.

TEMOS A OBRIGAÇÃO DE CONSOLIDAR, DESENVOLVER E DEFENDER ESSE PATRIMÔNIO BRASILEIRO.

É PRECISO QUE CADA UM DE NÓS TENHA ORGULHO DE DIZER: EU SOU DE FURNAS!

RENOVO HOJE O COMPROMISSO DE TRABALHAR INCANSAVELMENTE PARA QUE ESTE SENTIMENTO SEJA RESGATADO. E, PARA ISSO, É INDISPENSÁVEL TER CADA UM DE VOCÊS AO MEU LADO.

PEÇO HUMILDEMENTE A TODOS E A CADA UM O APOIO E O COMPROMETIMENTO NESSA MISSÃO - QUE A TODOS PERTENCE.

QUE DEUS NOS ILUMINE!

VIVA FURNAS!"




   

   

   

   

   

Publicado em: 03/01/2011